Artigo

Análise de tensões de prótese em resina acrílica para carga imediata em mandíbula edêntula

A reposição de dentes em indivíduos com mandíbulas edêntulas sempre foi um dos grandes desafios da Odontologia. Uma alternativa para a reabilitação protética destes indivíduos é a utilização dos implantes osseointegrados para retenção de próteses totais fixas com cantiléver distal. O objetivo deste trabalho foi de analisar, por meio do método de elementos finitos, as tensões geradas no osso cortical ao redor de implantes de corpo único, que suportam próteses totais fixas mandibulares de um sistema de esplintagem dos implante com resina acrílica autopolimerizável (Sistema da Barra Distal – Neodent), após simulação de carga oclusal axial e oblíqua, aplicada no último elemento do cantiléver. Avaliaram-se as tensões nos diversos componentes presentes no sistema, por meio de análise de elementos finitos, com enfoque principal nas tensões geradas no osso cortical. Os resultados mostraram que o sistema de esplintagem dos implantes com resina acrílica autopolimerizável transmitiu tensões máximas toleráveis ao osso cortical. Concluiu-se que o carregamento axial transmitiu menor tensão ao osso cortical que o carregamento oblíquo. No entanto, para ambos os tipos de carregamento, não haveria comprometimento da integridade do osso cortical, visto que o limite máximo de tensão atingido foi inferior ao preconizado na literatura (167 MPa).

Autores: Renato de Freitas, Antonio Alves de Almeida Junior e José Luiz Góes de Oliveira
Revista: ImplantNews 2008 | v5n6

Publicidade

Bioactive