Artigo

Manutenção do rebordo alveolar utilizando membranas de d-PTFE intencionalmente expostas – Relato de cem casos

A técnica de Regeneração Óssea Guiada (ROG) tem sido utilizada para favorecer a cicatrização do alvéolo e para modificar significativamente o processo de reabsorção do rebordo alveolar. A membrana de Politetrafluoretileno denso (d-PTFE) apresenta a vantagem de impedir a penetração bacteriana, mesmo quando exposta, apresentando ótimos resultados clínicos, principalmente após a exodontia. Este trabalho apresenta casos de manutenção de rebordos alveolares que foram avaliados clinicamente no momento da instalação de implantes osseointegráveis. Cem rebordos alveolares, em regiões de molares e pré-molares inferiores, que foram submetidos à exodontia e imediata instalação de membranas de d-PTFE, foram avaliados. As membranas foram adaptadas entre as paredes ósseas preservadas e o tecido gengival vestibular e lingual, 3 mm a 5 mm apicalmente as margens ósseas dos alvéolos. Os alvéolos que apresentaram perda da parede óssea vestibular foram preenchidos com osso liofilizado para evitar o colapso da membrana. As membranas foram mantidas nos alvéolos por um período de 28 dias. Durante o período de manutenção da membrana sobre o alvéolo, não foi observada inflamação dos tecidos adjacentes. Previamente à instalação dos implantes, as áreas tratadas foram avaliadas clinicamente. Todos os sítios apresentaram gengiva queratinizada, além de formação óssea suficiente para instalação de implantes osseointegráveis.

Autores: Vinicius Farias Ferreira, Bianca Stutz e Eliane Porto Barboza
Revista: Revista ImplantNews 2010 | v7n2